ASSALTO NO BANCO EM SÃO JOÃO BATISTA 3 BANDIDOS FORAM MORTOS




Três bandidos foram mortos e pelo menos um ficou ferido. Um Policial Militar também teria sido atingido por um disparo e levado ao hospital da cidade, segundo as primeiras informações apuradas no local. Integrantes da quadrilha ainda conseguiram fugir com destino a cidade vizinha de Canelinha. Eles ainda estão sendo procurados pelos policiais. A ação deixou em pânico os moradores do centro da cidade, palco recente de uma explosão em uma padaria na mesma região do confronto e de um assalto ao mesmo banco em que os bandidos deixaram a base da Polícia Militar crivada de balas e os únicos dois policiais da cidade acuados. Desta vez foi diferente. O tiroteio começou por volta das 4 horas. Tanto policiais quanto bandidos estavam armados com armas de grosso calibre. As marcas do confronto ficaram espalhadas pelo comércio vizinho ao banco. Até bombas de combustível de um posto de abastecimento foram atingidas. Ao final, os corpos dos assaltantes ficaram estendidos pelo chão e o assalto foi completamente frustrado. Em São João Batista, quando o dia amanheceu, os curiosos se amontoaram em frente ao banco para acompanhar o trabalho do IGP (Instituto Geral de Perícias). Uma equipe recolheu os três corpos dos assaltantes e evidências do tiroteio, como balas de fuzil e de espingardas de calibre 12. Os bandidos recolhidos vestiam roupas pretas e coletes balísticos, que não impediram que fossem mortos pela PM. A cena era de uma praça de guerra, corpos espalhados pela rua e a área no entorno do Banco do Brasil isolada. Ao menos três criminosos foram mortos em troca de tiros com polícias na madrugada deste sábado, no Centro de São João Batista. Os criminosos tentaram assaltar a agência bancária. Por volta das 7 horas, o Instituto Médico Legal estava recolhendo os corpos espalhados em frente ao banco. Um grande número de curiosos se avolumava tentando acompanhar o desfecho. Tentativa de assalto foi registrada por volta das 4 horas. Além dos mortos, duas pessoas ficaram feridas. De acordo com informações, os polícia já monitoravam a ação da quadrilha e estava de campana para efetuar a prisão. O confronto durou em torno de 10 minutos.
FONTE:radiosuper.fm












todos os créditos a
RÁDIO SUPER
Postar um comentário

Atalho do Facebook aki na roça